segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Chefão da formula 1 leva uma "uma bela surra"





Pela primeira vez, Bernie Ecclestone falou sobre o assalto e espancamento de que foi vítima, ao lado de sua namorada, a brasileira Fabiana Flosi, em Londres, na última quarta-feira.

Tranquilo, ele afirmou estar "um pouco dolorido" e definiu o ataque como "uma bela surra", em entrevista ao diário Daily Express. No incidente, ele levou um soco, foi derrubado ao chão e levou vários chutes no rosto. Fabiana teve os brincos arrancados à força e ficou com ferimentos nas orelhas.

Ecclestone descreveu o fato: "nós tínhamos acabado de sair do carro quando, de repente, esses caras apareceram", afirmou, antes de ressaltar que, sem dizer uma palavra, os bandidos partiram para o ataque: "não houve chance de sentir medo ou reagir. Quando eu estava no chão, ouvi Fabiana gritando por socorro. Levei um chute ou dois na cabeça e desmaiei".

O chefão da F-1 ainda ressaltou que, se fosse pedido, tanto ele quanto Fabiana teriam entregue os pertences, antes de minimizar a perda: "estão falando que perdi 200.000 euros, mas é besteira. Eles não vão aproveitar muito que tiraram de nós". Enfim, ele deu seu parecer sobre o fato: "foi completamente estúpido e desnecessário". 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade

Veja no Ocioso